Efeito de plantas de cobertura de inverno sobre cultivo de milho em sistema de plantio direto
PDF

Palavras-chave

Manejo agroecológico
plantas espontâneas
cobertura do solo
rendimento

Como Citar

Bonjorno, I. I., Martins, L. A. O., Lana, M. A., Comin, J. J., Altieri, M. A., Lovato, P. E., & Bittencourt, H. von H. (2011). Efeito de plantas de cobertura de inverno sobre cultivo de milho em sistema de plantio direto. Revista Brasileira De Agroecologia, 5(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/7953

Resumo

Com o objetivo de avaliar a viabilidade do plantio direto sem herbicidas, foram testadas misturas de centeio, ervilhaca e nabo forrageiro para controle de plantas espontâneas e promoção do rendimento de milho em plantio direto. Mediram-se cobertura do solo e biomassa de plantas de cobertura e espontâneas durante o inverno, rendimento do milho e massa de espontâneas durante o ciclo da cultura de verão. A cobertura do solo durante o período de crescimento das culturas de inverno foi superior a 80%, embora os tratamentos não apresentassem diferenças nas variáveis medidas. As plantas de cobertura proporcionaram boas condições para a cultura comercial, que teve rendimentos entre 6,0 e 6,7 t.ha-1, acima da média da região produtora, sem diferenças entre os tratamentos. Analisando-se valor de grãos colhidos e gastos com sementes das plantas de cobertura, demonstrou-se- a viabilidade econômica do plantio direto sem herbicidas para o milho, em sucessão a diferentes coberturas de inverno.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.