Desenvolvimento Inicial de Plântulas de Sorgo Cultivadas Sob Elevadas Concentrações de Adubação Orgânica no sulco de plantio
PDF

Palavras-chave

Sorghum bicolor
agricultura orgânica
agroecologia
manejo do solo

Como Citar

Araujo de Freitas, G. A. de F. G., Ribeiro Souza, C. R. S. C., Capone, A. C. A., & Afferri, F. . S. A. F. (2009). Desenvolvimento Inicial de Plântulas de Sorgo Cultivadas Sob Elevadas Concentrações de Adubação Orgânica no sulco de plantio. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/7943

Resumo

O sorgo caracteriza-se como uma cultura que responde à calagem e à adubação com macronutrientes A adubação orgânica apresenta vantagens sobre a adubação mineral como melhoria das propriedades físicas, químicas e biológicas do solo. Desta forma, objetivou-se estudar a influência de níveis de adubação orgânica aplicada em sulco, sobre o crescimento inicial da cultura. O delineamento experimental utilizado foi de blocos casualizados que consistiu de uma híbrido de sorgo granífero submetido a 8 tratamentos: 0, 10, 20, 30, 40, 50, 60 t/ha de esterco de curral curtido e 500 kg/ha da formulação 04-14-08+Zn aplicados no sulco de plantio. As doses 50 t/ha, 60 t/ha de esterco de curral curtido e adubação química proporcionaram as maiores velocidades de crescimento inicial, não se diferenciando estatisticamente entre si, a menor velocidade de crescimento inicial foi proporcionada pelo tratamento que não recebeu nenhum tipo de adubação.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.