Avaliação Biométrica de Plantas de Bacurizeiros (Platonia Insignis Mart.) sob Manejos de Brotações Jovens no Estado do Maranhão.
PDF

Palavras-chave

Fruteira nativa
densidade populacional
crescimento vegetativo

Como Citar

Viana de Carvalho, G. E., Souza, V. A. B. de, Costa, N. N. F., Santos, A. W. de O., & da Silva, R. R. (2009). Avaliação Biométrica de Plantas de Bacurizeiros (Platonia Insignis Mart.) sob Manejos de Brotações Jovens no Estado do Maranhão. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/7940

Resumo

Este trabalho teve por objetivo avaliar parâmetros biométricos de brotações jovens de bacurizeiros em sistema de manejo nos municípios de Santa Rita e Itapecuru- Mirim do Estado do Maranhão. Em áreas de 0,5 ha foram selecionadas brotações jovens de bacurizeiros através de um desbaste mantendo-se o espaçamento de 6X10m; 6X10m para enxertos; 8X10m e 10X10m. Em dois estágios de desenvolvimento das brotações foram coletados caracteres biométricos para verificação de sua adaptação no sistema de manejo. Após um ano para o município de Itapecuru – Mirim todas as brotações possuem similaridade no seu desenvolvimento nos diferenciados manejos, já no município de Santa Rita todos os caracteres biométricos avaliados demonstraram diferenças significativas. Assim no estádio atual de desenvolvimento das plantas ainda não é possível se detectar o efeito dos sistemas de manejo no desenvolvimento das plantas. No entanto, no município de Santa Rita, há maior variação no desenvolvimento das plantas.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.