Interfaces da Agricultura Tradicional Quilombola com a Agroecologia: Analise da Agricultura em Comunidades Quilombolas do Município Paranaense de Adrianópolis.
PDF

Palavras-chave

Negros do Ribeira
Remanescentes de Quilombos
Questão Racial
Questão Quilombola
Territórios Quilombolas

Como Citar

Fidelis, L. M. L., Harder, E., Hoeller, S. C., & Felipe, A. (2009). Interfaces da Agricultura Tradicional Quilombola com a Agroecologia: Analise da Agricultura em Comunidades Quilombolas do Município Paranaense de Adrianópolis. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/7814

Resumo

A agricultura Quilombola do Vale do Ribeira paranaense, sua cultura e ritos etnicamente referenciados é um tema que merece atenção. Os Quilombolas sofrem com monoculturas que não se prestam à alimentação humana, sobretudo numa região onde se concentram 11 comunidades Quilombolas e negras rurais. Este artigo é resultado de uma monografia de especialização promovida, entre 2005 e 2007 pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). O foco foi o Quilombo João Surá em Adrianópolis. Os objetivos centraram-se no estudo da cultura ligada à agricultura; estabelecimento de pontos e co-relações entre a Agricultura do Quilombo e a Agroecologia e o estudo da história da comunidade. A metodologia baseou-se na Pesquisa Qualitativa: levantamento de dados secundários, caminhadas e questionários semi - estruturados. Como resultado, observou-se que o Quilombo tem eficiência energética no seu sistema agrícola, produzem suas sementes e é independente de insumos modernos.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.