A Percepção dos Agricultores sobre o Manejo de seus Solos e Cultivos Estimada por Indicadores de Determinação Rápida e Fácil
PDF

Palavras-chave

metodologia participativa
manejo agroecológico
estratégias de sustentabilidade

Como Citar

de Toledo Machado, C. T., dos Reis Jr., F. B., & de Araújo, E. G. M. (2009). A Percepção dos Agricultores sobre o Manejo de seus Solos e Cultivos Estimada por Indicadores de Determinação Rápida e Fácil. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/7787

Resumo

Este trabalho teve por objetivo avaliar a percepção de agricultores acerca da qualidade de seus solos e cultivos, utilizando metodologia prática e fácil para a avaliação participativa de sustentabilidade de agroecossistemas. Foram avaliadas áreas de produção de hortaliças em quatro propriedades orgânicas do Assentamento Colônia II. Análises químicas, físicas e microbiológicas complementaram as observações de campo. Todas as propriedades apresentaram notas médias para qualidade de solo e sanidade de cultivos superiores a 8. A estrutura do solo foi o atributo considerado mais deficiente em todas as áreas. O bom desempenho das características de sanidade dos cultivos reflete o equilíbrio dos agroecossistemas, bastante diversificados e que incorporam práticas agroecológicas. Cobertura do solo, matéria orgânica e diversificação das espécies foram os atributos considerados mais importantes e responsáveis pelo controle de erosão, capacidade de retenção de água e rendimento dos cultivos.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.