A Produção de fumo Versus a Sustentabilidade: um novo caminho a ser trilhado
PDF

Palavras-chave

Fumo
Econômico
Social
Ambiental
Desenvolvimento local.

Como Citar

Troian, A., Wizniewsky, J. G., & Dalcin, D. (2009). A Produção de fumo Versus a Sustentabilidade: um novo caminho a ser trilhado. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/7773

Resumo

A região Sul do Brasil é responsável por mais de 96% da produção de tabaco, porém sua sustentabilidade é questionável. O estudo foi realizado a partir do diagnóstico do “Programa de Apoio à Diversificação Produtiva como Alternativa à Produção Fumageira”, no ano de 2007, na comunidade Passo do Angico, município de São Pedro do Sul/ RS. Como resultado evidencia-se que a produção de fumo é insustentável para os agricultores in loco. Ambientalmente pode-se dizer que ele causa erosão, desmatamento, no aspecto Social, levanta-se o alto grau de dependência destes agricultores com a Integradora e no econômico, percebe-se que a descapitabilização, empobrecimento e endividamento dos agricultores. Por fim, observa-se a necessidade de maior comprometimento das políticas públicas com estes fumicultores.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.