A Cadeia produtiva do Caju como Modelo para o Desenvolvimento Sustentável no Assentamento Che Guevara, Estado do Ceará
PDF

Palavras-chave

castanha de caju
cajuína
ração com caju.

Como Citar

Paiva, F. F. de A., & Araújo, J. B. C. (2009). A Cadeia produtiva do Caju como Modelo para o Desenvolvimento Sustentável no Assentamento Che Guevara, Estado do Ceará. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/7710

Resumo

A principal atividade produtiva no Assentamento Che Guevara é agricultura, destacando-se a exploração de cajueiro em uma área com 165 hectares, visando produção de amêndoa de castanha de caju, cajuína e ração para ruminantes. No Assentamento também observa-se a presença das culturas de feijão, milho e mandioca dentro de um sistema de produção de subsistência. Há criação de bovinos de corte e leiteiro para cria e recria, ovinos, suínos e aves. Os trabalhos são executados de forma coletiva e individual. Os assentados formulam novas estratégias de reprodução social, com modificações importantes no aspecto da vida camponesa, passando a adotar uma racionalidade guiada pela eficiência necessária tanto para a preservação ambiental como para a competitividade no mercado, modernizando as estruturas de produção e a busca de novos conhecimentos.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.