Plantio Direto Orgânico de Alface sobre Cobertura Viva e Morta e Adubada com Composto
PDF

Palavras-chave

Lactuca sativa L.
agroecologia
preparo do solo
adubação orgânica.

Como Citar

Ferreira, R. L. F., Galvão, R. O., Araújo Neto, S. E., Negreiros, J. R. S., & Parmejiani, R. S. (2009). Plantio Direto Orgânico de Alface sobre Cobertura Viva e Morta e Adubada com Composto. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/7706

Resumo

O objetivo deste trabalho foi analisar o efeito do plantio direto orgânico de alface com doses de composto orgânico e efeito residual sobre cobertura morta e viva com Arachis pintoi e resteva natural. Foi utilizado delineamento em blocos casualizados em esquema de parcela subdividida com quatro repetições. As parcelas corresponderam aos sistemas de plantio direto com cobertura viva de Arachis pintoi e resteva natural, plantio direto com palhada de resteva natural e preparo convencional (canteiro e solo descoberto). As subparcelas representavam as doses de composto orgânico 10, 20 e 30 t ha-1 no primeiro experimento e no segundo experimento do efeito residual de 25, 50 e 75 t ha-1 de composto, proveniente de três cultivos anteriores. O plantio direto na palha proporcionou melhor desempenho agronômico comparado ao plantio convencional, no primeiro plantio na dose de 10 t ha-1, a produtividade foi semelhante às doses crescentes e no segundo experimento houve aumento linear da produtividade conforme o aumento da adubação orgânica.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.