Cultivares de soja para o plantio em sistema orgânico no Distrito Federal, biênio 2006/2007
PDF

Palavras-chave

Glycine max
avaliação de cultivares
agroecossistema
agricultura orgânica.

Como Citar

Carvalho, W. P., & Wanderley, A. L. (2009). Cultivares de soja para o plantio em sistema orgânico no Distrito Federal, biênio 2006/2007. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/7694

Resumo

O objetivo desse trabalho foi avaliar o desempenho de nove cultivares de soja (Glycine max) em sistema orgânico de produção. Utilizou-se delineamento experimental de blocos ao acaso com quatro repetições. O estudo foi conduzido na forma de teste de avaliação local, sendo que as cultivares BRS Nina, BRSMA Pati, BRS Nova Savana, BRSGO Bela Vista, Monarca, M-SOY 109, BRS 213, BRS 257 e BRS 267 constituíram os tratamentos. Foram conduzidos dois ensaios, nos anos de 2006 e 2007, em área de produção orgânica. Os materiais foram selecionados para esse estudo observando as exigências do mercado orgânico que são a presença de hilo claro e peso de 100 grãos acima de 18 gramas. A cultivar que mais se destacou foi a BRS 213 de ciclo precoce. Em relação ao aspecto fitossanitário, a doença que atacou com maior severidade foi a ferrugem asiática (Phakopsora pachyrhizi) e a cultivar que apresentou maior susceptibilidade ao seu ataque foi a BRS 257, de ciclo semi tardio.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.