Educação e agroecologia: caminhos que se completam
PDF

Como Citar

Bica, G. S., Paglia, E. C., Hoeller, S. C., & Gandin, R. V. (2007). Educação e agroecologia: caminhos que se completam. Revista Brasileira De Agroecologia, 2(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/7378

Resumo

Os processos de educação tradicional ainda formam indivíduos essencialmente técnicos, numa perspectiva didática cartesiana que compreende apenas transmissão e memorização de conhecimentos. O sujeito é eliminado do processo, o qual é realizado de forma determinista e reducionista. O projeto pedagógico do curso Técnico em Agroecologia da Universidade Federal do Paraná – Campus Litoral remete a uma construção participativa do processo educacional que reúne os diferentes atores. É baseado em teorias onde o estudante é co-responsável por seu processo de aprendizagem, e que consideram as experiências de vida e as decisões tomadas durante o amadurecimento do ser para si e do processo de vir a ser. Portanto, o projeto do curso é construído de forma dialógica entre os sujeitos do processo e visa a construção de um profissional com formação harmônica. Pretende que as questões sociais, ambientais, econômicas, políticas e culturais, façam parte de projetos em que a comunidade, os movimentos sociais e os agricultores(as) familiares sejam os atores do processo educacional.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.