COMPARAÇÃO DE DIFERENTES SUBSTRATOS ALTERNATIVOS NA PRODUÇÃO DE MUDAS DE TOMATEIRO.
PDF

Palavras-chave

Mudas de tomateiro
substrato
produção de mudas

Como Citar

Godoy, W. I., Farinácio, D., Davoglio, A. P., Assmann, A. P., Zílio, C. L., Vottri, M., & Bigolin, P. E. (2007). COMPARAÇÃO DE DIFERENTES SUBSTRATOS ALTERNATIVOS NA PRODUÇÃO DE MUDAS DE TOMATEIRO. Revista Brasileira De Agroecologia, 2(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/7285

Resumo

RESUMO: Para obtenção de uma muda de qualidade, o substrato apresenta-se como de fundamental importância, para tanto deve apresentar características físico-químicas adequadas as necessidade de cada cultura. Esta pesquisa teve como objetivo estudar o efeito de seis substratos alternativos formulados com solo esterilizado, húmus, casca de arroz carbonizada, acícula de pínus, areia, esterco bovino curtido e composto orgânico. O experimento foi conduzido em casa de vegetação com ambiente controlado. O delineamento utilizado foi blocos ao acaso, com 4 repetições, sendo que cada parcela continha 32 plantas, sendo avaliadas 12 plantas centrais. Foram avaliados a porcentagem de germinação, o número de folhas definitivas aos 40 DAS, a fitomassa fresca e seca da parte aérea e do sistema radicular e as características químicas dos substratos. Os melhores resultados foram obtidos pelo substrato T6, formulado com 50% de solo esterilizado e 50% de composto orgânico, que diferiu estatisticamente dos demais tratamentos. Os outros substratos avaliados também demonstram um potencial ideal para a produção de mudas, já que possuem aspectos físicos desejáveis, porém é necessária a realização de alguns ajustes nas suas características químicas. Palavras-chaves: Tomate, mudas, húmus, substrato.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.