CRESCIMENTO DE “SEEDLINGS” DO LIMOEIRO ‘CRAVO’ EM RESPOSTA A DOSES DE ADUBO ORGANO-MINERAL VIA SUBSTRATO.
PDF

Como Citar

Porto Carneiro, P. A., Corrêa de Oliveira, N. C., de Abreu D’Ávila, V., Carvalho Fernandes, R., & Nascimento Lopes, P. S. (2007). CRESCIMENTO DE “SEEDLINGS” DO LIMOEIRO ‘CRAVO’ EM RESPOSTA A DOSES DE ADUBO ORGANO-MINERAL VIA SUBSTRATO. Revista Brasileira De Agroecologia, 2(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/7162

Resumo

O presente trabalho teve como objetivo avaliar o crescimento de seedlings do porta-enxerto limoeiro ‘cravo’ (Citrus limonia Osbeck), em resposta as doses do adubo organo-mineral, Vitaplus®. O experimento foi conduzido em casa de vegetação sendo as sementes tratadas por termoterapia e semeadas em tubetes de 50 ml, preenchidos por substrato comercial a base de casca de pinus e turfa. Foi utilizado o delineamento inteiramente casualisado com 5 tratamentos, 5 repetições e 8 plantas por parcela. Os tratamentos utilizados foram doses (0; 0,5; 1,0; 1,5; 2,0 ml) do produto comercial diluído em 1 litro de água, sendo aplicados 5 ml por tubete semanalmente. As adubações iniciaram 70 dias pós-plantio, sendo que aos 115 dias os seedlings foram avaliados quanto à altura da planta, número de folhas, diâmetro e peso matéria seca e fresca da parte aérea e da raiz. Verificou-se que o adubo organo-mineral utilizado influenciou todas as características avaliadas, exceto o diâmetro e peso da raiz seca. O uso de doses crescentes do adubo organo-mineral propiciou um crescimento superior das plântulas do porta-enxerto limoeiro ‘cravo’.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.