Caracterização de solos de quatro barragens subterrâneas: atributos físicos e químicos
PDF

Palavras-chave

Captação e armazenamento de água de chuva
semi-árido
manejo agroecológico e agricultura Familiar.

Como Citar

Carine Chaves, V., Evangelista Santos Mendonça, C., Barbosa Ferreira, G., Sonia Lopes da Silva, M., Giongo Petrere, V., & José Silva, D. (2007). Caracterização de solos de quatro barragens subterrâneas: atributos físicos e químicos. Revista Brasileira De Agroecologia, 2(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/7161

Resumo

O Nordeste brasileiro enfrenta graves problemas com a escassez de água. Dentre várias tecnologias criadas para garantir a viabilidade agrícola da região, o uso de barragem subterrânea (BS) tem se destacado como uma das mais adaptadas a essa realidade. Esse trabalho visa levantar os impactos sofridos no solo no qual essa tecnologia foi implantada, por meio da caracterização física e química de quatro BS’s na Estação Experimental de Manejo da Caatinga da Embrapa Semi-Árido em Petrolina – PE. Os resultados da caracterização física apontam para solos bastante intemperizados com alta concentração de argila nos horizontes de maior profundidade o que, em conjunto com a ação de minerais primários nesses horizontes, acabam interferindo nos valores de saturação por bases. Os perfis de solo analisados apresentam ainda baixos teores de fósforo e carbono orgânico, baixa CTC, que juntamente com os atributos físicos caracterizam solos de baixa fertilidade que apresentam restrições físicas.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.