Barragem Subterrânea: uma alternativa sustentável para a agricultura familiar no semi-árido brasileiro
PDF

Palavras-chave

diversidade biológica
agricultura familiar
semi-árido
captação e armazenamento de água de chuva

Como Citar

Barbosa Ferreira, G., Evangelista Santos Mendonça, C., Carine Chaves, V., Alberto Tuão Gava, C., Sonia Lopes da Silva, M., & Giongo Petrere, V. (2007). Barragem Subterrânea: uma alternativa sustentável para a agricultura familiar no semi-árido brasileiro. Revista Brasileira De Agroecologia, 2(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/7154

Resumo

Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de caracterizar as condições estruturais e a diversificação de cultivos em vinte e uma Barragens subterrâneas (BS’s) e a produção em oito barragens, monitoradas no ano de 2006, em oito cidades dos estados de Pernambuco e Bahia. Os resultados demonstram que as fruteiras (41 %) são as espécies mais cultivadas nas barragens estudadas, seguida das forragens (23 %). As oleráceas (14 %), as culturas de subsistência e outros tipos de cultivos (plantas medicinais, corantes, etc.) são exploradas em menor escala (11%). Em relação à produção a atividade que tem maior produtividade é a forragicultura, seguida das culturas de subsistência. O material forrageiro é usado na produção de feno e silagem. Estes resultados refletem o interesse econômico da agricultura familiar do semi-árido destes dois estados que é baseada, principalmente, na caprino-ovinocultura. A estrutura da maioria das BS’s está em boas condições, e foi observado também o interesse dos agricultores por outros cultivos, estimulando um redesenho dos agroecossistemas, e o aprofundamento das interações do sistema, criando ambientes mais diversificados biologicamente e mais sustentáveis.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.