PERCEPÇÃO AMBIENTAL E AGROECOLOGIA: CONSIDERAÇÕES METODOLÓGICAS EM PSICOLOGIA AMBIENTAL
PDF

Como Citar

Bassani, M. A., Ferraz, J. M. G., & Silveira, M. A. da. (2007). PERCEPÇÃO AMBIENTAL E AGROECOLOGIA: CONSIDERAÇÕES METODOLÓGICAS EM PSICOLOGIA AMBIENTAL. Revista Brasileira De Agroecologia, 2(1). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/6659

Resumo

Trabalho anterior (Bassani, Silveira e Ferraz, 2003) assinalou algumas contribuições da Psicologia Ambiental para a Agroecologia, através de metodologias participativas, visando a construção de proposta para desenvolvimento rural sustentável para a agricultura familiar. Neste trabalho são apresentados alguns dos resultados obtidos referentes à percepção ambiental e a combinação de diferentes métodos de coleta de informações utilizados, em um estudo piloto com famílias de agricultores do município de Araras (SP). Os dados foram analisados considerando-se os seguintes eixos temáticos: história da família, da propriedade e do trabalho; estado de bem estar; saúde e agrotóxicos; comportamentos pró-ambientais e recursos hídricos; perspectivas de futuro.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são da autoria, com direitos de primeira publicação para a revista. Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.