NÚCLEO DE AGROECOLOGIA DE MATO GROSSO DO SUL
PDF

Como Citar

Komori, O. M., Padovan, M. P., Rangel, M. A. S., & Leonel, L. A. K. (2007). NÚCLEO DE AGROECOLOGIA DE MATO GROSSO DO SUL. Revista Brasileira De Agroecologia, 2(1). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/6649

Resumo

A Agroecologia deve estar associada a duas características principais: a revalorização do conhecimento e do saber empírico acumulado pelos agricultores nos processos e técnicas de gestão do meio natural, bem como a estruturação de redes e parcerias interinstitucionais, na busca da superação da compartimentação do conhecimento, em direção a uma visão sistêmica e interdisciplinar. Em decorrência dessa necessidade, foi criado o “Núcleo de Agroecologia de Mato Grosso do Sul”, em 21.02.2001, na Embrapa Agropecuária Oeste, Dourados, MS, formado inicialmente pelas seguintes instituições: Associação Verde Vida (Dourados), APOMS (Glória de Dourados), Embrapa Agropecuária Oeste, IDATERRA, Prefeitura Municipal de Dourados e UEMS e inserção posterior de outras, como: UNIDERP, prefeituras municipais, UFMS, IMAD, movimentos sociais, entre outras. O Núcleo tem por objetivo central, incentivar a agricultura agroecológica no Estado de Mato Grosso do Sul, na perspectiva de um modelo agrícola sustentável, sistêmico, integrado ao meio ambiente, democrático, participativo e que leve em consideração aspectos econômicos, ambientais e sociais. Assim, o Núcleo de Agroecologia se propõe a estabelecer bases de sustentação a um trabalho organizado e articulado entre as diferentes instituições e/ou entidades do Estado de Mato Grosso do Sul, visando buscar meios para fortalecer a agroecologia no Estado.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.