PRODUÇÃO DE MUDAS DE CEBOLA EM BANDEJAS DE POLIESTIRENO EXPANDIDO EM DOIS SISTEMAS DE IRRIGAÇÃO UTILIZANDO SUBSTRATOS ORGÂNICOS
PDF

Como Citar

Moraes, R. M. D., Milch, A. T., Xavier, V. C., Ferreira, O. G., Conceição, D. C., Mauch, C. R., & Morselli, T. B. G. A. (2007). PRODUÇÃO DE MUDAS DE CEBOLA EM BANDEJAS DE POLIESTIRENO EXPANDIDO EM DOIS SISTEMAS DE IRRIGAÇÃO UTILIZANDO SUBSTRATOS ORGÂNICOS. Revista Brasileira De Agroecologia, 2(1). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/6581

Resumo

RESUMO Com o objetivo de estudar o uso de diferentes insumos orgânicos na produção de mudas de cebola em bandeja de poliestireno expandido foi conduzido o presente experimento em estufa plástica Utilizou-se o delineamento experimental blocos casualizados com cinco tratamentos e quatro repetições, em dois sistemas de irrigação (Floating e Aspersão). Os tratamentos para os dois sistemas foram os seguintes: T1 – 75% vermicomposto suíno + 25% de casca de arroz carbonizada; T2 - 75% vermicomposto bovino + 25% de casca de arroz carbonizada; T3 – 75% vermicomposto bovino + 25% de areia; T4 – 100% de Húmus Fértil®; T5 – 100% de Plantmax®. Ao final do experimento foram avaliadas as variáveis: peso fresco da parte aérea, diâmetro do caule e comprimento de raiz. Com base nos resultados e, considerando-se as condições deste experimento, conclui-se que: a) O sistema floating apresentou mudas de melhor qualidade que o sistema aspersão; b) Os substratos orgânicos alternativos apresentaram resultados que permite indicá-los para a produção de mudas de cebola, em substituição aos substratos comerciais testados.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.