EFEITO DO ESPAÇAMENTO DE PLANTAS SOBRE O RENDIMENTO DE BIOMASSA DE DUAS CULTIVARES DE MELISSA.
PDF

Como Citar

Wanderer, M., & Barros, I. B. I. (2007). EFEITO DO ESPAÇAMENTO DE PLANTAS SOBRE O RENDIMENTO DE BIOMASSA DE DUAS CULTIVARES DE MELISSA. Revista Brasileira De Agroecologia, 2(1). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/6495

Resumo

RESUMO: As plantas estão cada vez mais presentes na vida das pessoas, seja na forma de medicinais, alimentos, combustíveis, ou outros. A melissa (Melissa officinalis L., Lamiaceae), possui diversos empregos na culinária, cosmética e medicina. Uma forma de aumentar o rendimento da melissa é através da escolha adequada do espaçamento entre plantas e entre linhas. Com o objetivo de avaliar o efeito do espaçamento de plantas, sobre o rendimento de biomassa de duas cultivares de melissa, foi realizado o presente trabalho. Foram testados os espaçamentos entre linhas de 0,50 e 0,50m e entre plantas de 0,30, 0,40 e 0,50m e duas cultivares de melissa, com origem da França e da Holanda. Não ocorreu interação entre os espaçamentos e as cultivares e não ocorreu diferença significativa no rendimento das duas cultivares testadas. O espaçamento com maior adensamento de plantas, proporcionou o melhor rendimento de biomassa de melissa. Palavras-chave: Melissa officinalis, espaçamentos de plantas, planta medicinal.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são do autor, com direitos de primeira publicação para a revista. Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.