A PESCA DO BOTE ENTRE OS PESCADORES ARTESANAIS DO LITORAL NORTE DO RS.
PDF

Como Citar

Sander, M. A., Cotrim, D. S., & Costa, F. M. (2007). A PESCA DO BOTE ENTRE OS PESCADORES ARTESANAIS DO LITORAL NORTE DO RS. Revista Brasileira De Agroecologia, 2(1). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/6412

Resumo

A experiência tratada enfoca a migração do sistema pesca de cabo, realizada por pescadores artesanais na faixa de 300 metros de praia e que enfrentava dificuldades crescentes com a diminuição da captura, para o sistema de pesca do bote na qual desloca-se o ponto de pesca para cinco quilômetros dentro do mar, gerando maior e melhor captura de peixe. Realizou-se este trabalho na Praia de Magistério, município de Balneário Pinhal, entre os anos de 2002 a 2004 . A ação da Ascar-Emater/RS junto a comunidade de pescadores através da aplicação de política pública viabilizou ações como aquisição de equipamentos de pesca (bote/motor/rede), aumento no volume de pescado capturado, captura de peixes de maior valor, aumento no número de postos de trabalho (pescadores artesanais), melhoria na relação entre pescadores e surfistas, ganhos ambientais com o uso de malhas maiores, além da diminuição da sobrepesca na faixa inicial de praia. PALAVRAS CHAVE: Pesca do Bote
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são do autor, com direitos de primeira publicação para a revista. Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.