ABORDAGEM SISTÊMICA COMO FERRAMENTA METODOLÓGICA NA EXTENSÃO RURAL AGROECOLÓGICA
PDF

Como Citar

Camargo, M. F., & Mattos, J. L. S. de. (2007). ABORDAGEM SISTÊMICA COMO FERRAMENTA METODOLÓGICA NA EXTENSÃO RURAL AGROECOLÓGICA. Revista Brasileira De Agroecologia, 2(1). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/6315

Resumo

A agricultura familiar é a principal responsável pela produção de alimentos do país chegando a 84% da produção nacional de mandioca, 67% do feijão, 54% da bovinocultura de leite, 49% do milho, 68% da fruticultura e 58% dos suínos. Contudo, as “empresas” rurais familiares devem realizar o planejamento, a organização, a curto, médio e longo prazo, eliminando desperdícios, possibilitando o surgimento de uma organização familiar que se contraponha à exploração e contribua para o fortalecimento da atividade. Todavia, isso requer uma mudança de postura dos agentes envolvidos com a Assistência Técnica e de Extensão Rural na relação com os agricultores. Essa mudança de postura passa necessariamente pela adoção de metodologias que contemplem os saberes tradicionais das famílias agricultoras e que considerem a propriedade como um todo, sob a ótica da abordagem sistêmica. A utilização de uma metodologia de trabalho participativa, em que a tomada de decisão se dá em conjunto com os agricultores permite identificar os riscos e potencialidades e, com base em resultados preliminares, interferir na realidade organizacional e produtiva, com vistas a melhoria da qualidade da gestão e do nível de vida das pessoas envolvidas. O objetivo do presente trabalho foi o de relatar o uso da abordagem sistêmica como ferramenta no processo de conversão de uma pequena propriedade localizada no Assentamento Antônio Conselheiro, em Barra do Bugres - MT, para a agricultura orgânica. PALAVRAS-CHAVES: Extensão Rural Agroecológica, Abordagem Sistêmica, Agricultura Familiar.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são do autor, com direitos de primeira publicação para a revista. Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.