Produção orgânica de cebola com agricultores familiares do Alto Vale do Itajaí, SC.
PDF

Como Citar

Gonçalves, P. A. de S., & Wamser, G. H. (2007). Produção orgânica de cebola com agricultores familiares do Alto Vale do Itajaí, SC. Revista Brasileira De Agroecologia, 2(3). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/6271

Resumo

O objetivo do presente trabalho foi desenvolver de maneira participativa um sistema de produção orgânica de cebola junto a agricultores familiares da região do Alto Vale do Itajaí, SC. A metodologia utilizada foi a instalação de unidades de produção em duas propriedades rurais nos municípios de Aurora e Rio do Sul, entre aos anos de 2004 a 2006. Os técnicos envolvidos atuavam com apoio técnico e assessoria, de modo que o saber do agricultor era respeitado para que o sistema se desenvolvesse numa forma de geração de conhecimento horizontal, onde há interação e colaboração entre os sujeitos envolvidos. A produtividade de cebola variou de 11 até 15 t/ha, atingiu níveis similares a média regional de agricultor familiar até 2 ha (15 t/ha). Porém, o objetivo principal não foi a produtividade máxima, mas sim viabilizar uma alternativa de renda e consolidar os agricultores nos grupos ecológicos de que participam, pois eram principiantes na atividade. Os agricultores apontam como maiores entraves do sistema a baixa disponibilidade de mão-de-obra na propriedade, a necessidade de certificação e organização da comercialização em grupos. O trabalho facilitou a interação entre o serviço público agrícola, os agricultores familiares envolvidos nas unidades e dos grupos de que participam.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.