EXTENSÃO RURAL, GESTÃO PÚBLICA E ECODESENVOLVIMENTO: “A EXPERIÊNCIA DE RANCHO QUEIMADO – SC”
PDF

Como Citar

Simon, Álvaro A. (2007). EXTENSÃO RURAL, GESTÃO PÚBLICA E ECODESENVOLVIMENTO: “A EXPERIÊNCIA DE RANCHO QUEIMADO – SC”. Revista Brasileira De Agroecologia, 2(1). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/6220

Resumo

São raras as experiências de gestão ambiental nos municípios de Santa Catarina. Entretanto, a experiência piloto realizada em parceria entre a Epagri e a FAO na microbacia Rio Pequeno e a sua posterior transformação no Plano Municipal de Desenvolvimento Sustentável de Rancho Queimado – PMDS/RQ oferece características que se aproximam da gestão integrada dos recursos naturais e do meio ambiente2, noção que tomamos como fundamental ao ecodesenvolvimento. Esta experiência contribuiu metodologicamente para os Projetos Microbacias 1 e PRAPEM/MICROBACIAS 2, que se constituem atualmente em duas das políticas públicas direcionada às questões do meio ambiente, de maior expressão em Santa Catarina. Neste resumo tentaremos sistematizar esta experiência de planejamento, em especial os conceitos utilizados e a forma de avaliação. Procuraremos mostrar o processo evolutivo que representa a abordagem patrimonial da qualidade na formulação de políticas públicas, como estratégia inovadora no tratamento dos problemas ambientais.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são do autor, com direitos de primeira publicação para a revista. Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.