Dispositivo Móvel para Queimadas

Como Citar

Marinho, M. R. M., Pereira, J. P. G., & Pereira, R. M. P. G. (2006). Dispositivo Móvel para Queimadas. Revista Brasileira De Agroecologia, 1(1). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/6205

Resumo

A queimada é a ação de se atear fogo na vegetação antes da instalação da lavoura. Técnica primitiva praticada no Brasil e em outros países, de reconhecido efeito nocivo ao meio ambiente. O Cariri da Paraíba é caracterizado pela vegetação de caatinga, com profusão de cactáceas repletas de espinhos. Por isso, os agricultores justificam a manutenção da prática da queimação anual das restevas de cultura. Com o fim específico de minimizar os efeitos deletérios das queimadas sobre a microfauna e nutrientes do solo, propõe-se modelo de dispositivo móvel nos moldes da agricultura familiar. A utilidade do protótipo preenche outras necessidades na propriedade. PALAVRAS-CHAVES: desertificação, meio ambiente, tecnologia.

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são do autor, com direitos de primeira publicação para a revista. Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.