O TRATAMENTO DADO ÀS CIÊNCIAS SOCIAIS NA AGROECOLOGIA

Como Citar

Silveira, M. A. da. (2006). O TRATAMENTO DADO ÀS CIÊNCIAS SOCIAIS NA AGROECOLOGIA. Revista Brasileira De Agroecologia, 1(1). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/6199

Resumo

Este texto reconhece a agroecologia como um tema chave e emergente no discurso científico. Tida como uma ciência, ela atua no campo da aplicação de conceitos ecológicos para o manejo de sistemas agrícolas, porém, com sensibilidade para as questões sociais. Presume-se a existência de um corpus constituído de métodos com o fim específico de garantir à agroecologia a estrutura teórica e metodológica suficiente, para contribuir, simultaneamente, com as mudanças sociais e agroambientais. Tal fato leva ao embate dualístico da relação das ciências humanas com as ciências da natureza, mais particularmente, a um balanço metodológico para verificar se na agroecologia prevalece uma moderação entre as ciências sociais e a ecologia. PALAVRAS CHAVE: desenvolvimento rural sustentável; agricultura familiar, metodologia.

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são do autor, com direitos de primeira publicação para a revista. Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.