IMPACTO DE DUAS APLICAÇÕES SUCESSIVAS DE LODOS DE ESGOTO SOBRE A ACIDEZ DE LATOSSOLO CULTIVADO COM MILHO
PDF

Como Citar

Boeira, R. C., Ligo, M. A. V., & Galvão, J. A. H. (2006). IMPACTO DE DUAS APLICAÇÕES SUCESSIVAS DE LODOS DE ESGOTO SOBRE A ACIDEZ DE LATOSSOLO CULTIVADO COM MILHO. Revista Brasileira De Agroecologia, 1(1). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/6171

Resumo

Avaliou-se a influência de duas doses (1N e 2N) e de dois lodos de esgoto: urbano (Franca) e urbano-industrial (Barueri) sobre o pH do solo, em duas aplicações sucessivas. A quantidade de lodo a aplicar foi calculada em função do N potencialmente disponível às plantas (1N), critério utilizado por órgãos ambientais para evitar lixiviação de nitrato no perfil do solo; 2N representa o dobro dessa dose. Os resultados evidenciaram diferentes potenciais de acidificação para os dois lodos de esgoto. Na primeira aplicação, o lodo de Franca acidificou o solo na dose 1N e na dose 2N; o lodo de Barueri acidificou o solo somente na dose 2N. A re-aplicação dos dois lodos acidificou o solo. Verificou-se, assim, que o potencial acidificante do lodo de Franca pode ser um fator mais restritivo que o teor de N quando se calculam doses ambientalmente seguras a aplicar em solos. Palavras-chave: pH, lodos de esgoto anaeróbios, qualidade do solo, milho, latossolo, critérios de aplicação de lodos de esgoto
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.