AÇÃO E COMPARAÇÃO DA POPULAÇÃO MICROBIANA EM SISTEMAS DE CULTIVO CONVENCIONAL E ECOLÓGICO EM PROPRIEDADES FAMILIARES NA REGIÃO CENTRO-SUL DO PARANÁ
PDF

Como Citar

Meister, J. V., Wisniewski, C., & Souza, R. M. (2006). AÇÃO E COMPARAÇÃO DA POPULAÇÃO MICROBIANA EM SISTEMAS DE CULTIVO CONVENCIONAL E ECOLÓGICO EM PROPRIEDADES FAMILIARES NA REGIÃO CENTRO-SUL DO PARANÁ. Revista Brasileira De Agroecologia, 1(1). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/6099

Resumo

Avaliaram-se o efeito dos sistemas de cultivo convencional e ecológico sobre a população microbiana do solo, representada por bactéria e fungos. Coletou-se amostras de solo provenientes de um experimento no município de Rio Azul (PR) na profundidade de 0 - 20 cm. O sistema ecológico apresentou a maior contagem de população bacteriana com uma média de 347 x 104 UFC/g de solo, seguido da mata (testemunha) com 338 x 104 UFC/g de solo e do sistema convencional com 252 x 104 UFC/g de solo. Já a população de fungos apresentou a maior contagem para o sistema convencional com uma média de 14,1 x 104 UFC/g de solo, seguido da mata (testemunha) com 11,8 x 104 UFC/g de solo e do sistema ecológico com 7,71 x 104 UFC/g de solo. Palavras – chaves: população microbiana, fungos, bactérias.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são do autor, com direitos de primeira publicação para a revista. Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.