AVALIAÇÃO DA ANÁLISE QUÍMICA DO SOLO COMPARANDO OS SISTEMAS CONVENCIONAL E AGROECOLÓGICO DE PRODUÇÃOTRADICIONAL, COMO UM INDICADOR DA SUSTENTABILIDADE NA AGRICULTURA FAMILIAR, NO CENTRO SUL DO PARANÁ
PDF

Como Citar

Bianchini, F., Carraro, C., Souza, R. M. de, & Wisniewski, C. (2006). AVALIAÇÃO DA ANÁLISE QUÍMICA DO SOLO COMPARANDO OS SISTEMAS CONVENCIONAL E AGROECOLÓGICO DE PRODUÇÃOTRADICIONAL, COMO UM INDICADOR DA SUSTENTABILIDADE NA AGRICULTURA FAMILIAR, NO CENTRO SUL DO PARANÁ. Revista Brasileira De Agroecologia, 1(1). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/6074

Resumo

Este trabalho analisa os níveis de fertilidade do solo através de interpretação de análise química, comparativamente para dois sistemas de cultivo: convencional (agroquímicos) e agroecológico (insumos orgânicos) na produção de milho pela agricultura familiar do Centro Sul/PR, afim de indicar seus potenciais de sustentabilidade para esta agricultura. Palavras-chave: agricultura familiar, fertilidade do solos, agroecologia.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são do autor, com direitos de primeira publicação para a revista. Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.