CURSO TÉCNICO EM DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E AGROECOLOGIA: UMA EXPERIÊNCIA CONCRETA
PDF

Como Citar

Ramos, C. E. P., & de Gouvea, A. (2006). CURSO TÉCNICO EM DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E AGROECOLOGIA: UMA EXPERIÊNCIA CONCRETA. Revista Brasileira De Agroecologia, 1(1). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/6060

Resumo

O Curso de Desenvolvimento Sustentável foi desenvolvido pela Escola Agrotécnica Federal UNED de Dois Vizinhos-PR, em parceria com entidades ligadas ao desenvolvimento da Agricultura Familiar e Organizações Não Governamentais, a ASSESOAR (Associação de Estudos, Orientação e Assistência Rural), CRABI (Centro Regional do Atingidos pelas Barragens do Rio Iguaçu, CRESOL (Central de Crédito com Interação Solidária), MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) e Sindicatos dos Trabalhadores Rurais da Região do Sudoeste. O Curso surgiu com o objetivo de suprir a demanda regional de profissionais, técnicos e dirigentes com um novo perfil, baseado na sustentabilidade econômica, social e ambiental. A nova proposta de formulação do curso, trouxe no seu bojo, várias inovações, levando-se em consideração, que este curso foi pioneiro no Brasil, no que se refere à proposta de reforma educacional adotada pelo governo à modalidade de Ensino Técnico Profissionalizante. A metodologia adotada foi baseada na pedagogia da alternância e outra novidade do curso é a dinâmica aplicada, ou seja, os momentos presenciais se dão em diferentes locais, na Escola Agrotécnica em Dois Vizinhos, na ASSESOAR de Francisco Beltrão, na CRABI em Cascavel, isto possibilitou maior integração entre os educandos participantes do curso. A organização curricular foi trabalhada pelos educadores das diferentes entidades, instituições e organizações com o objetivo de contemplar os anseios e expectativas dos diferentes segmentos. Palavras-chave: Sustentabilidade, Agroecologia, Ensino Técnico Profissionalizante.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.