IMPACTO DO USO DE IVERMAECTINAS DE LONGA AÇÃO NA SUCESSÃO ECOLÓGICA DOS EXCREMENTOS DE BOVINOS TRATADOS, TOMANDO-SE COMO MODELO O BESOUROCOPRÓFAGO DIGITONTHOPHAGUS GAZELLA (FABRICIUS, 1787)
PDF

Como Citar

Diersmann, E. M., Ferreira, L. R., Chaaban, A., & Moya-Borja, G. E. (2006). IMPACTO DO USO DE IVERMAECTINAS DE LONGA AÇÃO NA SUCESSÃO ECOLÓGICA DOS EXCREMENTOS DE BOVINOS TRATADOS, TOMANDO-SE COMO MODELO O BESOUROCOPRÓFAGO DIGITONTHOPHAGUS GAZELLA (FABRICIUS, 1787). Revista Brasileira De Agroecologia, 1(1). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/6016

Resumo

Os besouros coprófagos são insetos benéficos ao homem, auxiliando no controle de insetos praga para a agropecuária e melhorando a qualidade do solo, o uso de inseticidas tem prejudicado a ação efetiva destes artrópodes. Este trabalho foi realizado objetivando verificar a ação de drogas parasiticidas de longa ação sobre o besouro coprófago Digitonthophagus gazella, popularmente conhecido como rola bosta, introduzido no Brasil para auxiliar no controle integrado da mosca do chifre. Durante três meses o efeito da droga foi avaliado e após este período verificou-se que as ivermectinas de longa ação tem efeito notório sobre o besouro, principalmente nas fases jovens. Palavras-chave: Digitonthophagus gazella, Ivermectina,, rola bosta, mosca do chifre.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.