AVALIAÇÃO DE TIPOS DE PREPARO DO SOLO, ADUBOS ORGÂNICOS E USO DE BIOFERTILIZANTE NA PRODUÇÃO ORGÂNICA DE ALFACE (LACTUCA SATIVA L.)

Como Citar

Cunha, F. A., Motta, I. de S., Jácome, A. G., Padre, J. das G., & Sena, J. O. de. (2006). AVALIAÇÃO DE TIPOS DE PREPARO DO SOLO, ADUBOS ORGÂNICOS E USO DE BIOFERTILIZANTE NA PRODUÇÃO ORGÂNICA DE ALFACE (LACTUCA SATIVA L.). Revista Brasileira De Agroecologia, 1(1). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/6002

Resumo

O sistema convencional de produção comercial de hortaliças caracteriza-se pelo uso intensivo de mecanização, adubações orgânicas e minerais e agrotóxicos. Por outro lado à produção orgânica de hortaliças preconiza o uso de práticas agrícolas baseadas na ecologia dos agroecossistemas, através das quais se busca produzir alimentos livres de contaminação e sem prejuízos ao meio ambiente. Para avaliação de técnicas de produção de alface orgânica foi montado um experimento comparando-se 03 tipos de preparo de solo (cultivo mínimo, plantio direto e convencional) o uso de um biofertilizante e 03 tipos de adubos orgânicos: composto orgânico, cama de frango e parte aérea de feijão guandú, comparados à adubação mineral solúvel e a um tratamento testemunha sem adubação. Ocorreram diferenças entre os tratamentos adubos orgânicos, sendo a parte aérea de feijão guandú o que apresentou os melhores resultados dentro das características fitotécnicas analisadas. PALAVRAS-CHAVE: agricultura orgânica, alface, adubos orgânicos, biofertilizante.

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são do autor, com direitos de primeira publicação para a revista. Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.