ESTUDO DO ESTADO DE CONSERVAÇÃO DA MATA CILIAR DO ARROIO HARMONIA – VALE DO TAQUARI/RS NUMA POSSÍVEL PROPOSTA DE RECOMPOSIÇÃO EM SISTEMAS AGROFLORESTAIS
PDF

Como Citar

Biondo, E., Jasper, A., & Biondo, E. (2006). ESTUDO DO ESTADO DE CONSERVAÇÃO DA MATA CILIAR DO ARROIO HARMONIA – VALE DO TAQUARI/RS NUMA POSSÍVEL PROPOSTA DE RECOMPOSIÇÃO EM SISTEMAS AGROFLORESTAIS. Revista Brasileira De Agroecologia, 1(1). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/5950

Resumo

O estudo da área de preservação permanente do Arroio Harmonia (Bacia Hidrográfica Taquari-Antas), no município de Teutônia, situada na Região Nordeste do Rio Grande do Sul, foi realizado com o objetivo de analisar o estado de conservação da mata ciliar, e argumentar sobre métodos de recomposição da mesma, nas pequenas propriedades rurais que margeiam o arroio. Foram investigados dentro da APP, tipos de composições da vegetação, sendo descritas: áreas de mata nativa e secundária, áreas de plantio, áreas de pastagens/potreiro e áreas onde foram introduzidas espécies exóticas. Constatou-se a necessidade de reconstituição de muitas das partes da área de preservação permanente. Contudo, o que se propõe, devido a estruturação e distribuição dos pequenos agricultores ao longo das margens do arroio, é a utilização de um sistema alternativo de produção, as agroflorestas. Este sistema traria base de sustento econômico e ao mesmo tempo estaria protegendo contra o assoreamento dos diques marginais. PALAVRAS-CHAVE: Área de preservação permanente (APP), Arroio Harmonia, mata ciliar, áreas degradadas, agroflorestas.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são da autoria, com direitos de primeira publicação para a revista. Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.