SUSTENTABILIDADE E MULTIFUNCIONALIDADE EM PROPRIEDADES COM AGRICULTURA FAMILIAR EM MUNICÍPIO DA MATA ATLÂNTICA BRASILEIRA

Como Citar

Watanabe, M. A., & Abreu, L. S. de. (2006). SUSTENTABILIDADE E MULTIFUNCIONALIDADE EM PROPRIEDADES COM AGRICULTURA FAMILIAR EM MUNICÍPIO DA MATA ATLÂNTICA BRASILEIRA. Revista Brasileira De Agroecologia, 1(1). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/5938

Resumo

O modelo produtivista pode ser visualizado empiricamente, em várias propriedades que praticam agricultura familiar em Tapiraí – SP que conduzem monocultivo do gengibre, tendo como único produto os rizomas dessa planta. A cultura é conduzida com entrada dos insumos sementes, adubos e pesticidas. Tratando-se de uma atividade com alto risco de se tornar economicamente não-sustentável com perda da colheita devido a doenças e pragas, estamos propondo uma etapa de intervenção juntamente com a extensão rural local, de forma a reconstruir a diversificação das atividades, integração da cultura com criação de animais, uso multifuncional dos recursos produzidos na propriedade e redução da entrada de insumos externos como adubos e pesticidas químicos e aquisição de sementes do meio externo. Com a adoção dessas medidas, pretende-se tornar as propriedades econômica, agroecologica e socialmente sustentáveis. Palavras-chave: Sustentabilidade, multifuncionalidade, integração de atividades, Gengibre, Tapiraí - SP

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são do autor, com direitos de primeira publicação para a revista. Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.