"MATCHING” ENTRE AVALIAÇÃO TERRAS E IMPACTOS AMBIENTAIS PARA TOMADA DE DECISÃO NA IMPLANTAÇÃO DE CULTURAS AGRÍCOLAS.

Como Citar

Corneta, Érico M. (2006). "MATCHING” ENTRE AVALIAÇÃO TERRAS E IMPACTOS AMBIENTAIS PARA TOMADA DE DECISÃO NA IMPLANTAÇÃO DE CULTURAS AGRÍCOLAS. Revista Brasileira De Agroecologia, 1(1). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/5888

Resumo

O trabalho visa uma tentativa de complementação do sistema de avaliação de terras, somando-se um modelo simples de avaliação de impactos ambientais para culturas (matriz de interação e/ou “ad hoc”) em terras que tenham resultado com aptidão para culturas estando essas locadas principalmente nos grupos 1,2 e 3 de aptidão agrícola, mas também podendo ser usado o método para outros grupos,ou seja, aliar o método tradicional de avaliação de terras e o uso de avaliação de impactos ambientais para as culturas. O matching realizado entre essas duas ferramentas de conservação de recursos naturais poderá servir como instrumento para tomada de decisão para qual cultura devo optar, para que a atividade seja o mais sustentável possível. Aliando os métodos de avaliação de impactos ambientais para culturas agrícolas e avaliação de terras, a abrangência das ferramentas é aumentada, pois com a AIA os impactos sobre a fauna, flora e homem são previstos e somados as condições do solo, podendo ter uma visão mais ampla na prevenção de impactos ambientais negativos e assim tomar as medidas pertinentes. Esse método poderá vir a ser um novo critério, além do econômico, para ser pensado pelo produtor e técnicos na escolha da melhor cultura a ser instalada no campo. O uso de critérios ambientais na produção, proporcionam atender a demanda de um novo “nicho” de mercado para exportação e internamente, com os indivíduos que dão preferência em consumir alimentos provenientes de atividades sustentáveis ambientalmente e socialmente. Como outro objetivo específico, poderá se criar um banco de dados para avaliação de impactos ambientais para determinadas culturas e sua regiões características, adaptando-as com possíveis particularidades que surgirão com o passar dos anos, não necessitando sempre voltar a avaliar as etapas básicas de implantação e condução das mesmas. Esse trabalho pode servir como uma idéia base para outras pesquisas no sentido de aprimorar a inclusão de modelos de avaliação de impactos ambientais para se fazer matching com a avaliação da aptidão de terras e reforçar os critérios se sustentabilidade na produção agrícola. Palavras chaves: aptidão agrícola, avaliação de terras, impactos ambientais, matriz de interação, culturas agrícolas, sustentabilidade

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são do autor, com direitos de primeira publicação para a revista. Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.