A EXPERIÊNCIA AGROECOLÓGICA DE CONTROLE DO SIMULÍDEO ASSOCIADA PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL NO MUNICÍPIO DE ROLANTE/RS.
PDF

Como Citar

Baldasso, N. A., Calcanhotto, F. A., Dutra, L. C., Mezera, D. B., Rossi, M., & Wastowski, J. T. (2006). A EXPERIÊNCIA AGROECOLÓGICA DE CONTROLE DO SIMULÍDEO ASSOCIADA PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL NO MUNICÍPIO DE ROLANTE/RS. Revista Brasileira De Agroecologia, 1(1). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/5885

Resumo

A experiência trata do controle do simulídeo ou borrachudo (Chirostilbia pertinax) realizado desde 1995 na localidade de Boa Esperança, município de Rolante/RS, a partir da iniciativa da comunidade em tomar para si o papel de agente propulsor do processo de controle do inseto, agregando a participação de entidades, como o órgão de Extensão Rural e parcerias interinstitucionais que entenderam a crise sócio-econômica e ambiental em curso e comprometeram-se na busca de informações em outras experiências comunitárias. Dentre os resultados alcançados estão a melhoria da qualidade de vida expressa pela satisfação das famílias em residir no local, ampliação do convívio social e na retomada de atividades econômicas e sociais importantes à comunidade local. Em decorrência deste processo houve aumento do número de moradias, com valorização da terra e das propriedades. Palavras-chave: simulídeo, agroecologia, desenvolvimento
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são do autor, com direitos de primeira publicação para a revista. Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.