EFICIÊNCIA DO ESTERCO DE SUÍNOS NO SUPRIMENTO DE NITROGÊNIO PARA MILHO NO SISTEMA PLANTIO DIRETO

Como Citar

Scherer, E. E. (2006). EFICIÊNCIA DO ESTERCO DE SUÍNOS NO SUPRIMENTO DE NITROGÊNIO PARA MILHO NO SISTEMA PLANTIO DIRETO. Revista Brasileira De Agroecologia, 1(1). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/5884

Resumo

Com o objetivo de avaliar a eficiência de diversas fontes de esterco de suínos no suprimento de N para o milho no sistema plantio direto foram conduzidos três experimentos na região Oeste Catarinense. Os resultados mostraram que a eficiência do nitrogênio do esterco de suínos em relação ao nitrogênio mineral em milho no sistema plantio direto situa-se entre 80 e 95% no esterco líquido e entre 26 a 65% no esterco sólido.

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são do autor, com direitos de primeira publicação para a revista. Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.