A PESQUISA-AÇÃO PARTICIPATIVA COMO PROPOSTA PARA PROMOÇÃO DA CONSERVAÇÃO AMBIENTAL E MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA EM COMUNIDADES RURAIS DAS MICROBACIAS HIDROGRÁFICAS SITUADAS NA REGIÃO DO ALTO RIO ALMADA -UM ESTUDO DE CASO
PDF

Como Citar

de Carvalho, D. L. (2006). A PESQUISA-AÇÃO PARTICIPATIVA COMO PROPOSTA PARA PROMOÇÃO DA CONSERVAÇÃO AMBIENTAL E MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA EM COMUNIDADES RURAIS DAS MICROBACIAS HIDROGRÁFICAS SITUADAS NA REGIÃO DO ALTO RIO ALMADA -UM ESTUDO DE CASO. Revista Brasileira De Agroecologia, 1(1). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/5867

Resumo

Este trabalho comenta a experiência desenvolvida em uma comunidade de agricultores familiares, onde, através de ações, buscou-se a melhoria da qualidade de vida e também a conservação dos recursos naturais. A comunidade trabalhada foi a Associação de Pequenos Produtores de Alimentos da Nascente do Rio Almada-Ba. O método utilizado para assessoria desta comunidade foi uma adaptação da estratégia de Pesquisa-Ação (Thiollent, 1998) e de técnicas do Diagnóstico Rural Participativo de Agroecossistemas (Alencar & Gomes, 1998). Os resultados alcançados foram bastante animadores, ocorreu a implantação da atividade de apicultura, construíu-se as instalações sanitárias nas residências, reformou-se todo sistema de abastecimento de água, promoveu-se a eletrificação através de rede monofásica e construiu-se uma casa de farinha comunitária. O sucesso desta estratégia nos permite sugerir a sua replicabilidade, por organismos governamentais e não governamentais nas diversas comunidades rurais localizadas nas microbacias hidrográficas da Região do Alto Rio Almada. Palavras-chave: Agricultores familiares, replicabilidade, qualidade de vida.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.