SISTEMA DE TRATAMENTO DE EFLUENTE LÍQUIDO COM PLANTAS AQUÁTICAS ENRAIZADAS
PDF

Como Citar

Bevilaqua, G. A. P., & Pereira, A. F. (2006). SISTEMA DE TRATAMENTO DE EFLUENTE LÍQUIDO COM PLANTAS AQUÁTICAS ENRAIZADAS. Revista Brasileira De Agroecologia, 1(1). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/5858

Resumo

O objetivo do trabalho é relatar experiências com a utilização de plantas aquáticas enraízadas para o tratamento de efluentes líquidos, provenientes de agroindústrias familiares e criação de animais. A construção dos reservatórios é feita utilizando materiais disponíveis localmente, como: brita, caroço de pêssego, areia, casca de arroz, entre outros. As plantas aquáticas usadas são enraízadas, como: taboa, junco, copo de leite, entre outras, bem adaptadas ao clima e as condições do efluente. Através da circulação do efluente em um conjunto de reservatórios, pela ação da gravidade, permite-se a obtenção de água em boas condições para ser devolvida aos cursos d’água.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.