PERCEPÇÃO AMBIENTAL E USO DOS RECURSOS NATURAIS NO ASSENTAMENTO RURAL 1º DO SUL, EM CAMPO DO MEIO - MG
PDF

Como Citar

Alves, L. M., Fontes, M. A. L., & Galizoni, F. (2006). PERCEPÇÃO AMBIENTAL E USO DOS RECURSOS NATURAIS NO ASSENTAMENTO RURAL 1º DO SUL, EM CAMPO DO MEIO - MG. Revista Brasileira De Agroecologia, 1(1). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/5830

Resumo

A ação humana sobre o ambiente muitas vezes desencadeia processos em que o maior afetado é o próprio homem. Antes de qualquer intervenção nessas relações é importante que se compreenda como as populações percebem e usam esse ambiente. Diversas são as ferramentas para se atingir tal objetivo. Neste trabalho, realizado em uma comunidade constituída por 40 famílias de trabalhadores rurais assentadas em Campo do Meio, MG, utilizaram-se metodologias de pesquisa participativa, principalmente entrevistas semi-estruturadas, cartografia social e levantamentos etnobotânicos. Os resultados foram analisados qualitativamente através da triangulação das informações obtidas. Nesta comunidade, o ambiente percebido é constituído por "lotes" (espaços agricultáveis), "reservas" (fragmentos florestais) e "colônia" (agrovila), onde se situa grande parte das moradias e seus quintais. Nos lotes se encontra a maior parte dos gêneros alimentícios consumidos pela família e, ou vendidos, manejados principalmente pelos homens. As reservas (fragmentos de floresta estacional semidecidual), que oferecem uma grande diversidade de espécie florísticas e faunísticas, são utilizadas para coleta de lenha, troncos para construção e confecção de ferramentas, alimentos e remédios, entre outros recursos. Os quintais, onde predomina o trabalho feminino, são quase sempre formados por grande diversidade, principalmente árvores frutíferas, hortas e animais de pequeno porte. As famílias constituintes da comunidade são provenientes de diversas regiões do país, tornando o ambiente diversificado também culturalmente, fator que influencia fortemente a percepção e uso do ambiente. Palavras-chave: percepção ambiental, pesquisa participativa, assentamento rural.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são do autor, com direitos de primeira publicação para a revista. Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.