AVALIAÇÃO DAS TICs NA REALIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO POPULAR EM COMUNIDADE DE REASSENTADOS
PDF

Palavras-chave

Capacitação
Acompanhemento
Agroecologia
Pesquisa-ação

Como Citar

Leite, D. de C., Santos, D. B. dos, Souza, H. F., Souza, A. J. de, & Azevedo, D. de O. (2021). AVALIAÇÃO DAS TICs NA REALIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO POPULAR EM COMUNIDADE DE REASSENTADOS. Revista Brasileira De Agroecologia, 16(3), 270–283. https://doi.org/10.33240/rba.v16i3.23422

Resumo

Visando à reinserção socioprodutiva de famílias reassentadas, foi realizada uma capacitação, presencial, sobre a produção de hortaliças agroecológicas na Vila Produtiva Rural Uri (VPR Uri). No entanto, com a chegada abrupta do novo Coronavírus, o diálogo com as famílias e o acompanhamento ao desenvolvimento da horta teve que ser realizado de forma remota. Diante disso, este trabalho tem por objetivo analisar se o uso das TICs contribui na prática da Educação Popular voltada para a produção agroecológica de hortaliças na VPR Uri. Por meio de um grupo de WhatsApp, constatou-se que as famílias estavam com dificuldades para o cultivo das plantas devido ao ataque de insetos e de doenças. Para tentar resolver esse problema, foram enviados vídeos orientando como preparar biofertilizantes e defensivos naturais. Houve boa interação por parte das famílias, contudo não foi possível perceber se o conteúdo de todos os vídeos foi realmente compreendido e nem as causas do ataque dos insetos e das doenças nas plantas.

https://doi.org/10.33240/rba.v16i3.23422
PDF

Referências

BORGES, F. M. Associativismo no projeto São Francisco: estudo da Vila Produtiva Rural Negreiros. Sociedade em Debate, v. 19, n. 2, p. 209-235, 2013. Disponível em: https://revistas.ucpel.edu.br/rsd/article/view/959/744. Acesso em: 02 set. 2021.
BAHIA, A. B.; SILVA, A. R. L. da. Modelo de produção de vídeo didático para EaD. Novas Tecnologias na Educação, v. 15, n, 1, p. 1-10, 2017. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/renote/article/view/75116/0. Acesso em: 14 set. 2021.
BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Fichas Agroecológicas: tecnologias apropriadas para a produção orgânica. Secretaria da Mobilidade Social, do Produtor Rural e do Cooperativismo. Brasília: MAPA, 2016.
BOFF, C. Como trabalhar com o povo. Petrópolis: Vozes, 1988.
CALLOU, Â. B. F. Comunicação rural e educação na era das tecnologias do virtual: proposição para um debate. In: CALLOU, A. B. F.; SANTOS, M. S. T. Extensão rural – extensão pesqueira: estratégias de ensino e pesquisa. Recife: FASA, 2013. p. 623-634.
CARRAMENHA, B.; et al. WhatsApp e a midiatização da comunicação informal nas organizações. Revista Temática, v. 12, n. 1. p. 49-63, 2016. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/tematica/article/view/27400. Acesso em: 12 set. 2021.
CALDART, R. S. Educação do campo: notas para uma análise de percurso. Trabalho, Educação e Saúde, v. 7, n. 1, p. 35-64, 2009. Disponível em: https://www.scielo.br/j/tes/a/z6LjzpG6H8ghXxbGtMsYG3f/abstract/?lang=pt. Acesso em: 31 ago. 2021.
CAPORAL, F. R.; COSTABEBER, J. A. Agroecologia e Extensão Rural Sustentável: Contribuições para a Promoção do Desenvolvimento Rural Sustentável. Brasília: MDA/SAF/DATER/IICA, v. 1, 2004.
CERQUEIRA, J. M. M. L. Mídias digitais: possibilidades para o trabalho de comunicação na Extensão. Juazeiro – BA: UNIVASF, 2019. E-book. Disponível em: http://www.pgextensaorural.univasf.edu.br/wp-content/uploads/2019/09/e-book-Juliana-Magalh%C3%A3es_VERS%C3%83O-FINAL-U.pdf. Acesso em: 05 ago. 2020.
CHIZZOTTI, A. Pesquisa qualitativa em ciências humanas e sociais. Petrópolis, RJ: Vozes, 2010.
COSTA, E. P.; et al. Exemplo de aplicação do método de Pesquisa-ação para a solução de um problema de sistema de informação em uma empresa produtora de cana-de-açúcar. Revista Gestão & Produção, v. 21, n. 4, p. 895-905, 2014. Disponível em: https://www.scielo.br/j/gp/a/cWwdyB7xyhxdWMqfLDthRBb/?lang=pt. Acesso em: 01 set. 2021.
FRANCO, M. L. P. B. Análise de Conteúdo. Campinas, SP: Editora Autores Associados, 2018.
FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.
FREIRE, P. Extensão ou comunicação? Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2013. Recurso digital. Disponível em: https://www.academia.edu/38319324/Paulo_Freire_Extens%C3%A3o_ou_comunica%C3%A7%C3%A3o_pdf. Acesso em: 16 set. 2020.
FREIRE, P. Política e Educação. São Paulo: Paz e Terra, 2015.
GROPPO, L. A.; COUTINHO, S. C. A educação popular e o campo das práticas socioeducativas: considerações sobre a história da educação popular e de seus desafios atuais. EccoS Revista Científica, s/v., n. 40, p. 129-143, 2016. Disponível em: https://periodicos.uninove.br/eccos/article/view/3934. Acesso em: 03 set. 2021.
HOLLIDAY, O. J. Prefácio - Los desafíos de una pedagogía del liderazgo. In: DICKMANN, I.; DICKMANN, I. Pedagogia da liderança popular. São Paulo: Editora Dialogar, 2017.
LEFF, E. Agroecologia e saber ambiental. Agroecologia e Desenvolvimento Rural Sustentável, v. 3, n. 1, p. 36-51, 2002. Disponível em: http://taquari.emater.tche.br/docs/agroeco/revista/ano3_n1/revista_agroecologia_ano3_num1_parte08_artigo.pdf. Acesso em: 17 set. 2021.
LOTTERMANN, O.; FRANTZ, F. Curso de Agricultor Familiar: possíveis aproximações com a Educação Popular e a Educação do Campo. Revista Brasileira de Educação do Campo, v. 5, s/n, p. 1-24, 2020. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/340519761_Curso_de_Agricultor_Familiar_possiveis_aproximacoes_com_a_Educacao_Popular_e_a_Educacao_do_Campo. Acesso em: 21 ago. 2021.
MARTINO, L. M. S. Teoria das Mídias Digitais: linguagens, ambientes, redes. Petrópolis, RJ: Vozes, 2015.
OTA, D. C.; SILVA, A. de O. Tecnologia no campo: WhatsApp utilizado como ferramenta de comunicação entre produtores e extensionistas rurais em Mato Grosso do Sul. In: Congresso Ibero-Americano sobre Ecologia dos Meio - Da Aldeia Global à Mobilidade, 01, 2019, São Paulo. Anais [...]. São Paulo: Universidade Estadual Paulista, 2019. p. 1-14. Disponível em: http://www.meistudies.org/index.php/cia/iac/paper/download/289/179. Acesso em: 10 set. 2021.
PEREIRA, D. de F. F.; PEREIRA, E. T. Revisitando a história da Educação Popular no Brasil: em busca de um outro mundo possível. Revista HISTEDBR On-line, v. 10, n. 40, p. 72-89, 2012. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8639807. Acesso em: 04 set. 2021.
PICCIN, M. B.; BETTO, J. Educação popular, movimentos sociais e educação do campo. Santa Maria, RS: UFSM, NTE, 2018.
SALGUEIRO. Decreto nº 013 de 17 de março de 2020. Declara situação de emergência em saúde pública no município de Salgueiro-PE e dispõe sobre medidas de enfrentamento da pandemia provocada pelo coronavírus (Covid-19). Prefeitura Municipal de Salgueiro, 2020. Disponível em: http://www.salgueiro.pe.gov.br/legislacao/decretos_2020/DECRETO_013_20200317_SALGUEIRO_CORONAVIRUS.pdf. Acesso em: 02 abr. 2020.
SCHMIDT, M. Cine y vídeo educativo: selección y diseño. Madri: Ministerio de Educación y Ciencia, 1987.
SILVA, A. S. da; FAGUNDES, L. F. Agroecologia e Educação do Campo. Boletim DATALUTA, maio de 2011. NERA – Núcleo de Estudos, Pesquisas e Projetos de Reforma Agrária. 2011. Disponível em: http://www2.fct.unesp.br/nera/artigodomes/5artigodomes_2011.pdf. Acesso em: 03 ago. 2020.
SILVA, M. J. P. Onze passos do planejamento estratégico participativo. In: BROSE, Markus (Org). Metodologia Participativa. Uma introdução a 20 instrumentos. Porto Alegre: Tomo Editorial, 2001. p. 161-176.
THIOLLENT, M. Metodologia da Pesquisa-Ação. São Paulo: Cortez, 1984.
THIOLLENT, M. Pesquisa-Ação nas Organizações. São Paulo: Atlas, 1997.
VERDEJO, M. E. Diagnóstico rural participativo: um guia prático. Brasília, DF: MDA/Secretaria da Agricultura Familiar, 2006

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são do autor, com direitos de primeira publicação para a revista. Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.

Métricas

Carregando Métricas ...