Cama de aviário em substratos para mudas de maracujazeiro-amarelo
PDF

Palavras-chave

Passiflora edulis
emergência
compostagem
propagação

Como Citar

Brugnara, E. C. (2015). Cama de aviário em substratos para mudas de maracujazeiro-amarelo. Revista Brasileira De Agroecologia, 9(3). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/15270

Resumo

O estudo testou doses de cama de aviário, crua e parcialmente compostada, em mistura com substratos comerciais ou solo, na produção de mudas de maracujazeiro-amarelo, e comparou à adubação química e ausência de adubação. Dois experimentos foram executados em estufa agrícola utilizando sacos de polietileno perfurados de 1,5 L. As doses testadas variaram de 2,5 a 40 %. Foram avaliadas a altura, o diâmetro do colo, o número de folhas, a matéria seca da parte aérea e radicular, além da emergência e velocidade de emergência. A adição de cama de aviário ao substrato comercial e ao solo reduziu a velocidade da emergência. O crescimento da parte aérea e radicular foi incrementado em doses moderadas. Em conclusão, o crescimento das mudas é maximizado com a adição de 10% de cama de aviário, o que é equivalente à fertilização com N, P e K minerais. A estabilização parcial da cama de aviário não permite a utilização em doses maiores.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.