Ocorrência, coleta, processamento primário e usos do Pracaxi (Pentaclethra macroloba (Willd.) Kuntze) na Ilha de Cotijuba, Belém- PA.
PDF

Palavras-chave

Etnobiologia
Produtos Florestais Não Madeireiros
Manejo de recursos naturais.

Como Citar

Crespi, B., & Guerra, G. (2013). Ocorrência, coleta, processamento primário e usos do Pracaxi (Pentaclethra macroloba (Willd.) Kuntze) na Ilha de Cotijuba, Belém- PA. Revista Brasileira De Agroecologia, 8(3). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/13297

Resumo

Registrar procedimentos de coleta, processamento primário e usos do pracaxi (Pentaclethra macroloba (Wild.) O. Kuntze), pelos moradores da Ilha de Cotijuba, pertencente ao Município de Belém, no Estado do Pará é o objetivo deste trabalho. A coleta de sementes vem sendo intensificada, após contrato com empresa multinacional que faz uso desta parte da planta, originalmente reconhecida como recurso medicinal e madeireiro para as populações ribeirinhas. O corte para este último fim vai de encontro aos interesses medicinais e cosméticos, por não haver plantações tecnicamente organizadas ou, replantio sistemático, que permita a sua recuperação. Os óleos vegetais encontrados nesta planta, pelo seu elevado valor nutritivo e energético e pelos seus múltiplos empregos na indústria, constituem recursos cujo potencial oferece grandes possibilidades de expansão. A população ilhéu reconhece nesta atividade uma forma de geração de renda e, tem aceito parceria com empresa interessada no produto, cuja forma de exploração é considerada indutora de sustentabilidade.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.