Utilização de substratos orgânicos na produção de mudas de mamoeiro Formosa
PDF

Palavras-chave

Carica papaya
Crescimento vegetal
Fruteiras tropicais
Nutrição mineral
Resíduos orgânicos

Como Citar

Araujo, A. C. de, Araújo, A. C. de, Dantas, M. K. L., Pereira, W. E., & Aloufa, M. A. I. (2013). Utilização de substratos orgânicos na produção de mudas de mamoeiro Formosa. Revista Brasileira De Agroecologia, 8(1). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/12953

Resumo

Objetivou-se com este trabalho avaliar o efeito de substratos orgânicos sobre o crescimento inicial do mamoeiro ‘Formosa’. O experimento foi conduzido em casa-de-vegetação em DBC com quatro tratamentos e quatro repetições: solo, composto orgânico, húmus de minhoca e esterco bovino. O húmus de minhoca proporcionou valores mais elevados para número de folhas, altura de plantas, diâmetro caulinar, área foliar, massa seca do caule, massa seca da raiz e massa seca das folhas. Não houve diferenças significativas entre húmus de minhoca e composto orgânico para as três últimas variáveis. O esterco bovino não diferiu da testemunha para número de folhas, diâmetro caulinar, massa seca do caule, massa seca das folhas, comprimento da raiz e área foliar. Este substrato foi mais responsivo apenas para comprimento da raiz, não diferindo do composto orgânico. Sendo assim, o substrato preparado com húmus de minhoca foi o que proporcionou os maiores valores para o crescimento inicial do mamoeiro.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são da autoria, com direitos de primeira publicação para a revista. Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.