Acúmulo de massa e nutrientes por adubos verdes e produtividade da cana-planta cultivada em sucessão, em duas localidades de São Paulo, Brasil
PDF

Palavras-chave

Saccharum spp.
Fabaceae
Asteraceae

fixação biológica de nitrogênio
colonização micorrízica
reciclagem de nutrientes.

Como Citar

Ambrosano, E. J., Foltran, D. E., Camargo, M. S., Rossi, F., Schammass, E. A., Silva, E. C. da, Ambrosano, G. M. B., & Dias, F. L. F. (2013). Acúmulo de massa e nutrientes por adubos verdes e produtividade da cana-planta cultivada em sucessão, em duas localidades de São Paulo, Brasil. Revista Brasileira De Agroecologia, 8(1). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/12944

Resumo

Os objetivos deste trabalho foram avaliar a produção de massa de matéria seca e o acúmulo de macronutrientes (N, P, K, Ca e Mg ) por espécies de adubos verdes, mensurando sua infecção natural por fungos micorrizicos arbusculares (FMAs) e quantificar a produtividade agrícola e industrial da cana-planta cultivada em sucessão a diferentes espécies de adubos verdes, em duas localidades de São Paulo, Tietê e Piracicaba, Brasil. O experimento foi conduzido no período de outubro de 2006 a agosto de 2008 em um Argissolo Vermelho-Amarelo distrófico, localizado em Tietê, SP, e em um Argissolo Vermelho, distrófico, localizado em Piracicaba, SP. Utilizou-se o delineamento experimental em blocos casualizados com 13 tratamentos (12 espécies de adubos verdes e um tratamento testemunha sem adubo verde) e cinco repetições, em ambos locais. A cana (Cv. IAC87-3396) permaneceu no campo por 18 meses e a colheita realizada em agosto e setembro de 2008. A crotalária-júncea IAC-1, e os guandus IAC - Fava Larga e IAC - Anão, juntamente com a mucuna-preta apresentaram maior produção matéria seca, maiores acúmulos de nutrientes e promoveram maior produtividade agrícola e industrial da cana-de-açúcar. A maior percentagem de infecção natural por FMAs foi observada nos tratamentos com soja, crotalária-júncea IAC-1, girassol IAC-Uruguai, feijão-mungo e guandu IAC- Fava Larga em Tietê, SP, não se observando diferenças na infestação na localidade de Piracicaba, SP.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são da autoria, com direitos de primeira publicação para a revista. Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.