Uso múltiplo de espécies nativas do bioma cerrado no Assentamento Lagoa Grande distrito de Itahum, MS
PDF

Palavras-chave

Inventário etnobotânico
medicinal
alimentar.

Como Citar

Pereira, Z. V., Lopes Fernandes, S. S., Sangalli, A., & Mussury, R. M. (2012). Uso múltiplo de espécies nativas do bioma cerrado no Assentamento Lagoa Grande distrito de Itahum, MS. Revista Brasileira De Agroecologia, 7(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/11247

Resumo

O objetivo do trabalho foi ampliar o conhecimento sobre as espécies e famílias botânicas com potencial de uso no cerrado da região de Dourados, fornecendo assim, subsídios para conservação e manejo dos remanescentes ainda existentes no Estado do Mato Grosso do Sul. Os dados foram obtidos a partir de caminhada transversal, técnicas utilizadas em diagnóstico rápido e acompanhado de um informante local. Foram coletados materiais férteis de todas as plantas indicada pelos moradores. No inventário etnobotânico foram amostrados 129 espécies, pertencentes a 104 gêneros e distribuídas em 45 famílias. As espécies vegetais amostradas foram inclusas em diversas categorias de uso, tais como: medicinal, alimentar, lenha, construção, mourões, cercas, móveis e cabo de ferramentas. A categoria de uso mais representativa foi a medicinal, seguindo - se as espécies de uso alimentar, para construção, lenha, mourões, móveis, cabo de ferramenta e cerca.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.