Dinâmica de acúmulo de massa e nutrientes pelo milheto para fins de adubação verde em sistemas de produção sob bases ecológicas
PDF

Palavras-chave

Pennisetum glaucum
adubo verde
transição agroecológica
qualidade do solo
ciclagem de nutrientes

Como Citar

Padovan, M. P., Motta, I. de S., Carneiro, L. F., & Moitinho, M. R. (2012). Dinâmica de acúmulo de massa e nutrientes pelo milheto para fins de adubação verde em sistemas de produção sob bases ecológicas. Revista Brasileira De Agroecologia, 7(1). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/10011

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar a dinâmica de acumulação de massa e nutrientes do milheto e aferir o estágio mais adequado para manejá-lo, a fim de possibilitar maior aporte de massa e nutrientes ao sistema solo, visando maximizar o seu potencial como adubo verde. O estudo foi desenvolvido em condições de campo em Dourados-MS num Latossolo Vermelho distroférrico, textura muito argilosa, e em Itaquiraí-MS num Latossolo Vermelho amarelo, textura arenosa, ambos em agroecossistema sob transição agroecológica. O milheto (cultivar BRS 1501) foi semeado de forma direta em Dourados e após preparo do solo através de uma gradagem pesada e uma de nivelamento, em Itaquiraí, ambos sem adubação. As semeaduras foram realizadas no período de outubro a novembro. Os tratamentos foram representados pelas épocas de amostragens realizadas aos 45, 60, 75, 90 e 105 dias após a emergência (DAE) em um delineamento inteiramente casualizado com quatro repetições. O milheto apresentou elevado acúmulo de biomassa e nutrientes, se mostrando altamente promissor como adubo verde em sistemas de produção sob bases ecológicas. O corte do milheto no estádio de grão pastoso proporcionou maior acúmulo de biomassa e nutrientes em relação ao estádio de florescimento.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.