Identificação de Tensores Ambientais nos Ecossistemas Aquáticos da Área de Proteção Ambiental (APA) da Baixada Maranhense
PDF

Palavras-chave

Tensores ambientais
Baixada Maranhense
Etnoecologia.

Como Citar

Funo, I. C. da S. A., Pinheiro, C. U. B., & Monteles, J. S. (2010). Identificação de Tensores Ambientais nos Ecossistemas Aquáticos da Área de Proteção Ambiental (APA) da Baixada Maranhense. Revista Brasileira De Agroecologia, 5(1). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/9794

Resumo

Os tensores ambientais são definidos como qualquer fator que retire energia dos organismos e restrinja qualquer etapa de seu desenvolvimento causando um desequilíbrio no ambiente. Estes tensores, se bem definidos, podem ser utilizados no monitoramento de mudanças ecológicas e alterações hídricas constituindo-se um importante elemento na gestão dos recursos hídricos de uma região. A Baixada maranhense, um complexo ecossistema alterado semestralmente pelo ciclo de chuvas, tem sido bastante alterado em função de elementos externos inseridos ao longo do tempo. Deste modo, o presente trabalho buscou por meio da etnoecologia identificar e descrever os principais tensores que atuam na região lacustre de Penalva. Os principais resultados obtidos demonstram que maior parte dos impactos são de origem antrópica, entretanto atuam no ambiente tanto negativamente quanto positivamente.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são do autor, com direitos de primeira publicação para a revista. Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.