Rendimento do capim elefante com adubação orgânica para uso em cama de aviário
PDF

Palavras-chave

Adubo orgânico
Cama de aviário
Capim
Fertilizante

Como Citar

Gewehr, C. E., Follmann, D. D., Rosniecek, M., Costenaro, J., & Pagno, G. (2010). Rendimento do capim elefante com adubação orgânica para uso em cama de aviário. Revista Brasileira De Agroecologia, 5(1). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/7581

Resumo

Com o objetivo de utilizar o capim elefante como matéria-prima para cama de aviários de frangos de corte, este trabalho, realizado no Centro de Ciências Agroveterinárias avaliou a produtividade do capim elefante var. cameron submetido a diferentes doses de adubação orgânica. O adubo utilizado foi cama de aviário de frangos de corte e as quantidades calculadas à fornecer o equivalente a 0, 100, 200, 300, 400 kg de N/hectare em sete repetições seguindo um delineamento inteiramente casualizado, sendo que cada parcela (canteiro) apresentou uma área 9 m2. A análise determinou de 2,51% de N na cama. No plantio foi adicionado em cada parcela 50 kg/ha de P2O5 na forma de supertriplo e 50 kg/ha de N no início do perfilhamento. Após o capim já implantado procedeu-se um corte para homogeneizar as parcelas a uma altura de 0,75 m adicionando-se a quantidade de N correspondente a cada tratamento. Com o capim já crescido fez-se o corte do capim a uma altura de 0,80 m para determinar a quantidade de matéria verde/hectare (kg). Os resultados indicaram que 240 kg de N originado de cama de aviário é a dose correta para se obter suficiente produção de capim elefante visando seu uso como cama de aviário.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são do autor, com direitos de primeira publicação para a revista. Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.