RIQUEZA FLORÍSTICA DE QUINTAIS AGROFLORESTAIS NO SEMIÁRIDO PARAIBANO, BRASIL
PDF

Palavras-chave

Sistemas agroflorestais
comunidades rurais
Caatinga

Como Citar

Lacerda, A. V. de. (2018). RIQUEZA FLORÍSTICA DE QUINTAIS AGROFLORESTAIS NO SEMIÁRIDO PARAIBANO, BRASIL. Revista Brasileira De Agroecologia, 13(3). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/21321

Resumo

Os quintais agroflorestais são uma das formas mais antigas e importantes de uso da terra, garantia de alimento e renda dos pequenos produtores rurais. Assim, objetivou-se caracterizar a composição florística dos quintais agroflorestais no Cariri paraibano. Foram amostradas duas comunidades rurais no município de Sumé, adotando como critério selecionar quintais agroflorestais mantidos com tecnologia tradicional e mão de obra familiar ativa. Para a coleta de dados, utilizou-se levantamento florístico e medição da área do quintal. Registraram-se 118 espécies distribuídas em 49 famílias e 101 gêneros. As famílias com maior riqueza foram Fabaceae (18 espécies), Euphorbiaceae (nove espécies), Anacardiaceae e Solanaceae (seis espécies cada). As frutíferas tiveram maior ocorrência e as espécies introduzidas predominaram em relação às nativas. O Índice de Riqueza de espécies foi superior nos quintais com menores áreas e a similaridade entre os quintais foi considerada baixa. A pesquisa contribuiu para a definição do perfil florístico dos quintais em comunidades rurais fornecendo subsídios para implantação de sistemas agroflorestais.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são do autor, com direitos de primeira publicação para a revista. Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.