Oficinas de troca de saberes no cultivo da mandioca por agricultores familiares indígenas de Belém do Solimões, Tabatinga-AM

Autores

  • Elenilson Silva de Oliveira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas - IFAM
  • Antônia Marinês Góes Alves Instituto Federal do Amazonas, Campus Tabatinga.
  • Rogério Ferreira Nakauth Instituto Federal do Amazonas, Campus Tabatinga.
  • Kildery Alex de Freitas Serrão Instituto Federal do Amazonas, Campus Tabatinga.
  • Carlos Alberto Fonseca do Nascimento Instituto Federal do Amazonas, Campus Tabatinga.
  • Aurinês Borges da Costa Instituto Federal do Amazonas, Campus Tabatinga.

Resumo

A agricultura tradicional praticada pelos agricultores familiares indígenas e o acesso as novas tecnologias, bem como a necessidade de disseminação da agricultura de base ecológica, trouxe a tona uma necessidade de implementação de uma iniciativa dentro do Programa Conjunto “Segurança Alimentar e Nutricional de Mulheres e Crianças Indígenas no Brasil” da Organização das Ações Unidas (ONU). Este trabalho relata a experiência de capacitação de agricultores familiares indígenas realizada em parceria com o IFAM Campus Tabatinga. Foram desenvolvidas atividades como demonstração de métodos no cultivo de mandioca em espaçamento adequado, preparo e seleção de mudas/manivas, aproveitamento dos resíduos da mandioca para compostagem orgânica. A ênfase no curso sobre a cultura da mandioca, despertou nos agricultores a importância da manutenção do conhecimento agroecológico e da possibilidade de aumento das condições de agregação de valor de cunho econômico, social e ambiental no espaço rural.

Biografia do Autor

Elenilson Silva de Oliveira, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas - IFAM

Técnico Agrícola. Licenciado em Ciências Agrárias. Especialista em Conservação de Recursos Naturais. Mestrando em Educação Agrícola.

Referências

LEI DE ATER. Disponível em http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2010/Lei/L12188.htm. Acessado em 27/02/2015.

RELATÓRIO GERAL DAS OFICINAS EM ATIVIDADES PRODUTIVAS NO MARCO DO PROGRAMA CONJUNTO “SEGURANÇA ALIMENTAR DE MULHERES E CRIANÇAS INDÍGENAS NO BRASIL”. Disponível em http://ecos-nutripovosindigenas.bvs.br/tiki-download_file.php?fileId=481. Acessado em 27/02/2015.

Downloads

Publicado

2016-05-20

Edição

Seção

IX CBA-Agroecologia / Relatos de Experiências