Resgate, uso e multiplicação de sementes crioulas como estratégia formativa do curso de Licenciatura em Educação do Campo no Vale do Jaguari, RS

Autores

  • Tatiana Padilha Sabadi Instituto Federal Farroupilha Câmpus Jaguari
  • Narielen Moreira de Morais Instituto Federal Farroupilha Câmpus Jaguari

Resumo

O atual contexto em que são discutidas as questões da Educação do Campo e da Agroecologia remetem nosso pensamento mais utópico à esperança da consolidação de uma sociedade justa, mas de imediato nos exige argumentação forte e exemplos suficientes para que estes sejam entendidos como temas que efetivamente contribuam para o desenvolvimento de comunidades mais sustentáveis. Deste modo, o presente trabalho tem por objetivo propor-se a analisar um dos processos de formação de educadores do campo com foco na concepção agroecológica desenvolvidos pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha – Câmpus Jaguari, e descrever seu potencial para fomentar a elaboração de estratégias de desenvolvimento territorial, nos diferentes municípios de abrangência do Vale do Jaguari.

Biografia do Autor

Tatiana Padilha Sabadi, Instituto Federal Farroupilha Câmpus Jaguari

Bolsista de iniciação ao extensionismo (CNPq) e aluna do Curso de Licenciatura em Educação do Campo Habilitação Ciências Agrárias.

Narielen Moreira de Morais, Instituto Federal Farroupilha Câmpus Jaguari

Professora do ensino básico, técnico e tecnológico. Bolsista de extensão no país - B (CNPq). Coordenadora de projetos de inovação e iniciação ao extensionismo (CNPq). Coordenadora de extensão do Câmpus Jaguari

Referências

Relatório Final de Implantação do Câmpus Jaguari. IF Farroupilha, 2012.

Projeto Político Pedagógico do Curso Licenciatura em Educação do Campo. Instituto Federal Farroupilha – Câmpus Jaguari, 2012.

Downloads

Publicado

2016-05-20

Edição

Seção

IX CBA-Agroecologia / Relatos de Experiências